Realizacao

 

PRIMEIRAS PRODUCOES

Pedro e o Lobo, adaptacao e direcao de Guilherme Reis, foi apresentada no Teatro Plinio Marcos em 1992;

Mao na Luva, de Oduvaldo Vianna Filho, direcao de Zeno Wilde, teve sua estreia no Espaco G51 e recebeu o Premio SESI Nacional de Teatro em 1994;

Valsa Americana, de Paula Vogel, direcao de Barbara Harrington, apresentada no Espaco G51, foi Indicada para o Premio Fundacao OK de Cultura em 1994;

 

REALIZACOES DO NAC NO TEATRO GOLDONI

Reveillon, de Flavio Marcio, direcao de Guilherme Reis e cenografia de Maria Carmen, inauguraram o Teatro Goldoni em 1998. Recebeu dois premios: o Auxilio Montagem Aluisio Batata do Governo do Distrito Federal e o Teatro Brasileiro, da Funarte/Ministerio da Cultura. Elenco: Joao Antonio, Bido Galvao, Carmem Moretzsohn, Emerval Crespi e Jones Schneider.

Leituras Dramaticas – 20 Anos de Anistia, em 1999, pecas censuradas durante os anos de excecao legal do pais, com a participacao dos atores convidados Bete Mendes, Stepan Nercessian, alem dos 20 atores brasilienses e  sob direcao Amir Haddad, Ginaldo de Souza, Marcelo Sousa e Hugo Rodas;

Arlequim Servidor de Dois Patroes, de Carlo Goldoni, direcao de Hugo Rodas, foi considerado pela imprensa o melhor espetaculo do ano de 2000 em Brasilia. Apresentou-se tambem no Teatro Glaucio Gil do Rio de Janeiro. Elenco: Adriana Mariz, Bido Galvao, Catarina Accioly, Iara Pietricovsky, Bruno Torres, Chico Santana, Henrique Cabral, Jones Schneider, Luis Guilherme Batista, Sergio Fidalgo e William Ferreira.

Machadianas Cenas Cariocas, em 2001, quatro contos de Machado de Assis, adaptados por Aderbal Freire Filho, direcao Ginaldo de Souza. Elenco: Miriam Virna, Adriana Lodi (que substituiu Cristiane Sobral), Alexandre Ribondi, Andre Amaro, Jones Schneider e Paulo Duro de Moraes.

Decamerao - Historias Quase Santas, de Giovanni Boccaccio, adaptacao e direcao Miriam Virna, Premio de Cenografia da Mostra SESC de Teatro e indicacao em todas as categorias. Considerado um dos melhores espetaculos do ano de 2003 pelos jornais locais. Elenco: Miriam Virna, Thais Strieder, Jones Schneider e Ze Regino (que substituiu Alexandre Ribondi);

O Fado e a Sina de Mateus e Catirina, do piauiense Benjamim Santos, um espetaculo genuinamente brasileiro baseado nas expressoes mais legitimas do ideario brasileiro: Literatura de Cordel e O Bumba-Meu-Boi. Dirigido por Humberto Pedrancini , tendo no elenco Jones Schneider, Vanessa Di Farias e Wellington Abreu, com cenario e figurino de Maria Carmen, musica do maestro Carlos Pacheco e iluminacao de Dalton Camargos.

Contos de Alcova, uma segunda selecao dos contos do Decamerao, de Giovanni Boccaccio, selecao voltada para as grandes paixoes consumadas. Adaptacao e direcao Miriam Virna. Elenco:Adalto Serra, Camila Meskell, Miriam Virna, Natassia Garcia, Similiao Aurelio e William Ferreira.

Dicionario de Machado, uma adaptacao feita por Aderbal Freire Filho, de dois contos de Machado de Assis: O Dicionario e Ideias de Machado, direcao de Alexandre Ribondi , direcao musical de Jones Schneider, com cenario e figurino de Maria Carmen , iluminacao de Sergio Sartorio, que tambem atuou no elenco juntamente com Andre Reis, Clara Lobato, Pece Sanvaz, Tulio Starling e Vanessa Di Farias.

Canto dos Canarios - de Murilo Dias Cesar,sobre a vida e obra de Darwin,  selecionado pelo FAC da Secretaria de Cultura do GDF, direcao Leo Sykes, musica Luciano Porto, Cenografia e figurino Maria Carmen , com Adeilton Lima, Luciano Porto, Sulian Princivalli.

Marias e Madalenas, Premio Funarte Interacoes Esteticas,dramaturgia e  direcao Alessandra Vannucci, com Associacoes de Catadoras de Material Reciclavel do DF; dramas pessoais de mulheres pobres  apresentados em forma teatral.

O Cozido – La Moscheta de Ruzante,  em cena um mundo campones rude, mas bem melhor do que aquele afetado da cidade, Premio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2011, direcao Alessandra Vannucci, cenografia e figurino Maria Carmen, com Abaete Queiroz, Camila Meskell, Similiao Aurelio e Marcos Davi.

Exagerei no Rimel – de Zeno Wilde – tragicomedia de humor acido e ironico, homenagem a Nelson Rodrigues, no ano do centenario do seu nascimento. Selecionado pelo FAC da SEC GDF. – direcao Adalto Serra, cenografia e figurino Maria Carmen, com Ricardo Cesar, Cassius  Desconsi e Sandra Regina, acompanhamento musical de Lucian Lorens.